segunda-feira, junho 29, 2009

o parto

Tive consulta no dia 9, onde fiz o primeiro toque e ctg.
Do toque, resultado: Colo do útero maduro, permeavel a dois dedos.
O médico:
"Marcamos novo ctg para a próxima semana, mas já não chega lá..."
(what???)
Nesse dia começei a perder o rolhão mucoso.
No dia seguinte começaram as contrações, mas muito espaçadas no tempo e nada dolorosas.
Na sexta acordei ás 7h da manhã com uma contração. E desde aí que elas vinham com menos intervalo de tempo. 7 em 7 minutos, 4 em 4, 7 em 7, 10... nada de um espaço de tempo fixo...
Como estava de férias, aproveitei para descansar. Dormi uma sesta (de vez em quando acordava com uma contração, mas voltava a adormecer).
O marido tinha ido trabalhar e de vez em quando falavamos no msn...
Estavamos calmos. Tinhamos a noção que iria demorar muito tempo e que eu devia descansar, pois iria necessitar de muitas forças no fim.
O Marido chegou a casa e ainda foi dar explicações (estavamos em época de exames) e eu fiquei a suportar as dores das contrações de cócoras no chão da sala ou no sofá do quarto do D., ou agarrada à bancada da cozinha. As contrações começavam a apertar, mas tudo muito suportável.
O marido terminou as explicações e foi tomar banho e fazer a barba. E ainda jantamos em casa.
Finalmente saímos para a maternidade.
Calmos e serenos, no momento das contrações ele controlava a duração e o intrevalo. Estavamos com contrações de 4 em 4 minutos que duravam 40 e tal segundos, 1 minuto.
Noite de Sto António, pensei que o trânsito estivesse infernal, mas não. Tudo estava tranquilo, até nós.
Estacionamos mesmo à porta da maternidade e as urgências não tinha muitas pessoas.
Inscrevi-me nas urgências e sentei-me na sala de espera, e esperamos...
Esperamos uns 10 minutos até me chamarem à triagem.
Expliquei q estava de 38 semanas e estava com contrações. Ele ao olhar para mim e para a minha cara não acreditou muito e disse: "vamos fazer um ctg"
Mas neste instante veio uma contração e eu pedi só para esperar um bocadinho...
Ele ao olhar para mim diz: "uhh antes do ctg, deite-se aqui"
E eu deitei-me, ele ao fazer-me o toque ri-se e diz:
"que grande trabalho de casa que você fez! pode despir-se, coloque a roupa dentro deste saco"
Começa a chamar outra enfermeira todo contente e diz-lhe: "esta menina vai ficar internada e já está avançada"
"Avançada? quanto?" pergunta a enfermeira
"5 para 6 dedos"
Eu fiquei pasma!!! (no carro dizia para o marido, agora chegamos lá, só tenho um dedo e ainda me vão mandar andar ás voltas)
Perguntam se vou fazer recolha de células estaminais, digo que sim e que o kit está com o marido lá fora.
Chamam o marido à sala da triagem e começamos a tratar da papelada para o internamento.
Estava um ambiente fantástico, tudo a rir e a preencher papeis. E eu dizia, olha nasce no Sto António... e o Enfermeiro "O querida, este não chega ao Sto António" (eram 22h)
Nem tive direito ao clister nem à depilação total, fui logo encaminhada (leia-se fui à pé) para o meu quarto.
Já no quarto ligada ao ctg, novo toque, desta vez as águas rebentam e 7 dedos...
A enfermeira "quer epidural?"
"Eu quero"
"quer? para quê? você está tão bem, a aguentar-se tão bem, nem parece que está prester a ter um bebé"
"Mas eu sei lá se isto não piora"
O Marido entra no quarto
A enfermeira pergunta "Você não tem vontade de fazer força?"
"Tenho" (lá se foi a epidural)
"Pronto!... está na hora, pode fazer força!"
No momento da explusão viram que o D. em vez de ter o queixo encostado ao peito (posição para nascer) estava com a cabeça "a-olhar-para-a-lua"
Vieram 3 médicas e a enfermeira parteira que nunca me largou. Todas a decidir se conseguiam colocar a cabeça na posição correcta para passar.
entre as contrações fui recebendo instruções e numa delas a médica diz-me:
"Olhe mãe, tem de me prometer uma coisa, para o próximo filho, tem de escolher um pai mais pequeno" Ainda rimos...
As médicas pegaram numa ventosa e ajudaram o D. a posicionar a cabeça e a sair.
E ás 23h26m do dia 12, o D. Nasceu.
Colocaram-no em cima de mim, mas eu nem dei por isso, só quando o tiraram é que reparei que já não estava em cima de mim... seguiu com o pai para a pesagem e consulta com o pediatra. (indice Apgar 9 ao 1º minuto e 10 ao 5º minuto, 2690kg, 47 cm).
Com tantas mãos dentro de mim pensei "devo estar toda rasgada"
A médica que esteve sempre comigo, ao ajudar-me a expulsar a placenta diz-me:
"olhe mãe, não foi necessário cortar nada, e só rasgou um bocadinho por dentro, por isso vou só dar-lhe 3 pontos internos"
Eu nem queria acreditar...
Depois de cozida, lá veio o pai com ele e foi mamar antes de subirmos para o quarto.
E ficamos os 3. E nós os dois a contemplar aquele ser lindo de morrer e a tentar perceber como foi possível fazê-lo assim tão lindo e perfeito.

(Durante a nossa curta estadia nas urgências tinhamos sempre enfermeiros e médicos a entrar e sair na nossa sala para ver o caso raro que mal tinha acabado de chegar à maternidade já estava pronta a parir. Foi engraçado, num ambiente super descontraído onde TODO o pessoal por quem fui tratada foi espetacular.)

Eu já disse que o meu filho é LINDO?

9 comentários:

Gi disse...

só podia ser lindo, muitos parabéns a todos.

Pat disse...

PARABÉNS!!!! Só hoje vi a noticia!!! Bem, acabaste por ter o teu filhote umas horas antes de nascer o meu!! Que bom que correu tudo bem!!! Felicidades a toda a família!!n Beijinhos

eu mesma disse...

ele é lindo! n esperava outra coisa! foi pensado ao pormenor!
GOSTO MUITO DE VOÇES!!!!

Sandra disse...

Que bom que foi tudo tão tranquilo para poderem aproveitar bem o momento. Fico muito feliz.

Parabéns.

Sandra

Sandra e Dinis disse...

Parabéns à nova Mãmã e ao Papá pelo filho D.

Ainda bem que tudo correu bem!

Um beijinho.

Carla Isabel disse...

Que emoção!
Maravilha!
Que parto fantastico!

A minha filha do meio tb nasceu na Mac e eu adorei!

Bj grande

me... disse...

podes dizer quantas vezes quiseres.
Este fim de semana vamos ver o matulão... e os pais.
Beijos

Costinhas disse...

e eu acredito :)

isso foi o parto dos partos! :)

Parabéns!!!

Sandra Veloso Silva disse...

Rapariga, não podia ser melhor! Quero ter um parto assim? Tão calmo e sereno.

PARABÉNS MAMÃ.

Beijos e vai dando notícias.