sexta-feira, dezembro 09, 2011

O segundo filho...

ainda não nasceu e já está a "perder"....
O 1º ainda não estava feito e já tinha nome, este ás 17 semanas, mesmo sabendo do sexo, nome nem vê-lo.
Na eco de 1º trimestre do 1º, levamos todos os DVD's possíveis de imaginários para podermos gravar tudo. Deste, não levamos nada... ( a ver se da próxima levamos)
Do 1º, o pai preocupava-se demasiado e controlava-me a comida e "não comas isso que é só açucar e não comas aquilo que é só gordura e não pegues nisso que é muito pesado" Agora diz que gravidez não é doença...
Muitos dias, até me esqueço que estou gravida, não fosse a barriga notar-se e o rapaz mexer-se que passava despercebido...
O facto de fazer a amniocentese também me deixa assim, mais apática em relação a esta gravidez. No fundo acredito que vai correr tudo bem, que está tudo bem com ele, mas de vez em quando aquela nuvem cinzenta paira sobre a minha cabecinha e vêm os "ses"... E se corre mal e eu perco o bebé, e se o resultado indicar que algo não está bem... e se, e se....

Provavelmente será a minha ultima gravidez (gostava tanto de ter um 3º, mas com esta crise, não vejo grandes possibilidades disso) e tenho de aproveitar... mas acho que só vou conseguir fazê-lo verdadeiramente quando souber o resultado da amnio... se este for bom e se correr tudo bem.

2 comentários:

Carla Isabel disse...

Olha...1º vai estar tudo bem!
2º - é mesmo assim...do 2º, do 3º e do 4º...eu da ultima nem guardei nada em dvd, nem album tenho....as fotos estão todas no pc...enfim!:S
Compramos menos coisas...e temos noção das coisas que compramos da 1ª vez e que foram absolutamente desnecessárias!:D

Sandrine disse...

É exactamente isso... a minha mana do primeiro fez um diário para ele ler mais tarde todo pimpolho, com as coisas engraçadas que fazia... mesmo mimoco.
No segundo diz qualquer coisa do género: "Oh filhote, desculpa a mamã, a mãe e o pai aman-te igual que ao mano mas não temos mesmo tempo..."
Por isso estás a ver ... essas diferença é normal. A preocupaao já é outra e o stress também. Quando o segundo nasceu a minha mana, ainda na maternidade deu-lhe de mamar e colocou-o no berço. Ele desata a chorar e a minha mana e o cunhadinho muito parvos a olhar para ele e de repente desataram-se a rir porque perceberam que não o tinham 'metido' a arrotar... ganha-se um outro relaxamento ;) Nada de ficar com pesos na consciência por causa disso :P