segunda-feira, fevereiro 06, 2006

A

minha primeira vez no IKEA.
No início:
Pego no lápis, na folha para apontar, na fita métrica e no saco amarelo.
(Eu, na realidade, não ia comprar nada, ia apenas fazer companhia a alguém, que ia comprar)
Subimos ao 1º andar e começei a adorar tudo.
.."Olha esta jarra!?!?!?!?!" (em histeria)
"E o preço.... vou levar... deixa-me apontar"

...
"Olha esta moldura!?!?!?!!"(em histeria)
"Torno a apontar"
...
Isto tornou-se um acto repetitivo, na 1ª área do IKEA.

Ás tantas, só pensava: "Mas será que ainda falta muito!"

Passamos pela zona do mobiliário Infantil e a histeria dos miúdos era total.
Uns saltavam em cima das camas, outros sentavam-se em cima dos brinquedos, outros agarravam-se aos briquedos e não queriam largar, outros berravam de tal forma que muitos pais eram obrigados a levar o que eles queriam , mesmo que não fizesse falta.

Sentámo-nos finalmente, só para descançar as pernas durante uns 5 minutos. (Eu estava de sapatos baixos, mas a maioria das senhoras que se passeavam por lá andava de saltos e daqueles bem altos)

Descemos ao andar onde finalmente poderiamos levantar o que escolhemos.
Perguntam-me "Então vamos buscar o que escolheste?"
Respondo "Eu, (com o papel cheio de referências) eu não escolhi nada... a saída é por onde?"

3 comentários:

Gi disse...

Nem uma coisinha?

Catarina disse...

E não compraste nadinha?!

Bolas, eu não sou capaz... Quando vou ao IKEA, mesmo que só para fazer companhia, compro sempre alguma coisa!!

Carla Yu disse...

Eu também estou a imaginar-me nessa figurinha quando me estrear no Ikea em Portugal...
No de Amsterdão foi lindo foi...

Beijocas