quarta-feira, janeiro 18, 2006

Primeiro

foi a Madona. Lá estava ela, todos os dias, à mesma hora.
Sempre no placard do Metro.
Ora, eu acabadinha de acordar da minha última viagem antes do trabalho, saía do metro e lá estava ela.
Aquela mulher (já com uma certa idade) a dançar, a cantar a fazer ginástica de SALTOS altos. Como é possível aquela energia (para quem acaba de acordar é um choque)
O único pensamento que me ocorria era "Espero que te espalhes"
Todos os dias, lá estava ela, nunca se espalhou...

Agora temos um tal de James Blunt, que aparece em tronco nú debaixo de chuva ou neve (Será que não têm frio?), a cantar "You are Beatifull... You are Beatifull ... You are Beatifull".
Olho para ele e apetece-me partir-lhe a cara. Ora o rapazinho deve andar a gozar com a cara das pessoas. Então alguma vez eu estou bonita aquela hora da manhã? Acabada de acordar? Ainda com ramela nos olhos?

[podiam variar os videoclips... pelo menos mudar-lhes a hora e ordem]

2 comentários:

Cris disse...

Fizeste-me rir apesar de estar a aturar os meus colegas tão, mas tão simpáticos que até faz confusão!
Estava mesmo a precisar de rir um pouco!

Carla Yu disse...

E esqueceste-te de dizer que a Madonna dança que nem uma louca e de saltos altos!!!

Quanto ao James Blunt... hummm essa música tem um significado muito especial para mim :)