segunda-feira, setembro 19, 2005

Ao

almoço, reparei num bebé que chorava.
Devia ter um mês, era tão pequenino.
Quando olho para a mãe vejo que não passa de uma criança, devia ter no máximo uns 14 anos...

1 comentário:

Catarina O. disse...

ohoh...
Quantos e quantos casos...