sexta-feira, agosto 05, 2005

Fogo

Nos dias de mais calor fico sempre mais aflita, se tudo volta a queimar de novo, como há dois anos atrás?

No caminho para casa já sei que há fogo por aquelas zonas... respiro aquele ar irrespirável... deixamos de ver a linha do horizonte que tocar no mar... existe um nevoeiro intenso, não um nevoeiro normal, um nevoeiro que cheira mal e é escuro.
As sirenes dos bombeiros ouvem-se insistentemente...
Ás 10 da noite vêm-se chamas enormes, no escuro e no silêncio daquela noite abafada pelo calor e fumo intenso...

Adormeço com aquele odor... acordo com um odor muito pior, mais intenso... As janelas abertas deixaram entrar as cinzas e o cheiro ...

Venho para o trabalho, o fumo e o cheiro preseguem-me, chegaram aqui...

Todos os anos é assim... porquê?
Há mão assassina? É natural?
E a prevenção? Foi feita? E os meios, são suficientes?
Porque é que todos os anos acontece a mesma coisa, e nunca nada muda? Porque é que as entidades competentes não aprendem com o passado?
Porque é que em vez de comprarmos submarinos, não pegamos nesse dinheiro e o usamos para a prevenção? Porque é que em vez dos ministros comprarem carros de milhares de contos para os ministérios, não compram um carro mais barrato, ou usam o do ministro anterior e usam o dinheiro para a previsão... Isto revolta-me

2 comentários:

Cris disse...

Eu também acho que tens toda a razão, mas se fosse o avô do Andro dizia-te logo que os submarinos são fundamentais......porque senão qualquer dia os espanhóis evadem-nos por mar!

Eu disse...

lol... só tu para me fazeres rir nuna situação detas...